Danilo_STFPrezados clientes e amigos:

Todos sabemos da danosa decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal-STF, por decisão do Ministro Dias Toffoli, que suspendeu o trâmite de todas as ações individuais sobre o tema em todo o país. No próximo mês completaremos seis (6) anos desta suspensão. É com profundo pesar que acompanho um sem número de clientes chegar ao final da vida sem ver seu direito alcançado e sem conhecer o final desta indefinição provocada pelos representantes das Casas Bancárias deste país.

A aposentadoria do Ministro Joaquim Barbosa durante o julgamento do caso no STF acarretou a suspensão do julgamento por falta de quórum. O ingresso do Ministro Edson Fachin não completou o quórum necessário para o julgamento, porque este Ministro se declarou impedido de julgar.

Em março deste ano a Ministra Cármen Lúcia confirmou sua participação no julgamento do caso, porque não mais impedida de julgar, completando o quórum necessário.

Não podemos mais aceitar esta indefinição. Não é mais razoável qualquer espere. O julgamento deste caso deve ocorrer urgentemente.

Na esteira da defesa dos interesses de clientes e de todos os demais interessados, que na última semana, eu, Danilo Montemurro, em conjunto com os Drs. Walter Faiad (IDEC) e Luiz Fernando Casagrande Pereira (APDC), assinei petição, endereçada ao Ministro Ricardo Lewandowski, na qual rogamos pelo julgamento da causa. Anexo segue a petição.

Ainda, comunico que na próxima quarta-feira (10/8/2016) terei audiência com o Ministro Ricardo Lewandowski, oportunidade que será reiterado o pedido de julgamento o mais rápido possível, bem como, renovarei a defesa pelos interesses de todos os clientes lesados pelos Planos Econômicos.

Novo comunicado será enviado quando das novas informações.

Cordialmente,

Danilo Montemurro